GOOGLE WEBSITE TRANSLATOR GADGET

Dos sentidos...

“Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.”

Acho que ninguém mais conseguiria descrever tão bem minha alma... Dele, [Caio Fernando Abreu]

If - Bread (Você pode pausar a música :)


♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com

quinta-feira, 3 de maio de 2012



Apoucada de letras curtas, escrita em todas as línguas, falada por todas as gerações, em algum momento da vida... Fim. Sonoridade pequena, mas, com um significado enorme! Esta palavra que hoje encerra este ciclo, é a mesma que dará início a outro.

Porque é assim o caminho da vida. É a ponte que separa o outro lado. É a escolha do que já está terminado. E sempre estamos terminando ou começando algo. Sempre nossos olhos buscam horizontes desconhecidos, sempre nossos pés querem pisar na outra estrada. E quando nos damos conta, mais uma vez; estamos ávidos por saber os próximos passos... de quais linhas, telas, iremos deixar marcado 'palavras'. É assim a vida. Sempre estamos escrevendo novas páginas, seguindo em frente, moldando-nos aos parágrafos...

Queria dizer 'Muito Obrigada' à todos os que acompanharam este Blog ao longo desses anos todos. À todos os que me escreveram, comentaram, me mandaram elogios, poemas, divulgaram este trabalho.. Muito Obrigada pelo carinho e pela companhia aí do outro lado. 

Aqui, eu deixo finalizado um ciclo pra começar um outro. E como diz - Fernando Pessoa: "Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão." E para mim, chegou uma razão muito importante! A razão mais importante da minha vida está batendo à porta, está me convidando a viver experiências novas, está me chamando. E eu vou. (: Um abraço, se cuidem, fiquem bem e não se esqueçam de sonhar. E quando o sonho for real, se precisar parar tudo pra viver, parem. Mudem, desaprendam, façam, mas não o deixem passar. 
[Um beijo no coração - Rahssi (:]



“É dificil aprisionar os que têm asas”

(Caio Fernando Abreu)

segunda-feira, 23 de abril de 2012



Deixa que transborde...
Que escorra até não mais doer!
Que vaze por todos os poros,
por todos os dedos, 
até não sobrar uma lágrima, 
até não sobrar mais nada, 
nada mais que o torpor do silêncio...

(...)

deixa que esvaziem-se as lembranças, 
que se extravasem os desejos 
e que saiam es(correndo) de dentro! 
Pra viver de novo, deixas... Deixa... 
[Rahssi]

segunda-feira, 9 de abril de 2012

quarta-feira, 4 de abril de 2012


Você me abraçou e segurou além do corpo...
Apoiou minha alma, na curva do teu ombro... 
E eu fiquei assim... quieta dentro do seu mundo... 
Só desejando que o tempo parasse...
Só desejando...
[Rahssi]

sexta-feira, 30 de março de 2012

E a saudade é a vertigem dos olhos que se fecham dentro da noite, no precipício dos desejos que beiram o corpo.. Seus beijos... [Rhassi]


E o amor é essa palavra que se transmuta no teu nome e pousa em mim... Suspiros,

Ch(amo)-te... [Rahssi]


segunda-feira, 26 de março de 2012

Da certeza...


Quando Deus te fez, deu ordens pra você achar meu caminho.
Te deu olhos de águia, pra você me conhecer de longe! 
Te deu um par de asas pra que você chegasse bem na minha porta... 
Colocou na sua boca as palavras mais doces pra chamar minha atenção, 
e te deu o sorriso mais radiante pra que meus olhos não se desviassem...

E foi assim que eu deixei você entrar... 
E você foi ficando, ficando... até hoje.
[Rahssi]


Do olhar...

Do olhar...
"E se eu te olhar cem vezes, acredite, em cada uma delas estarei me apaixonando um pouco mais." [ Caio F. Abreu ]

Dos livros que ainda vou ler...

Dos livros que ainda vou ler...
Eu, quando ganho livros fico tão feliz que o barulhinho das páginas ao folhea-lo é como se tivessem me dizendo: Toma aí, mais um pedaço de você que achei. [Rahssi]

Do silêncio...

Do silêncio...
"Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta." (Lya Luft)